GeralNotícias

Wanderlei Marra sugere equipe Técnica efetiva sem ingerência politicas

Na foto Wanderlei Marra mostrando as condições da adutora de água que diariamente estoura gerando transtornos e em sua gestão a frente do Daepa, a nova adutora  esta sendo concluída e  com a nova adutora  prepara a Estação de tratamento, aumentando a capacidade de tratamento com novos filtros e decantadoresblank

 

Neste mês de julho, após 1 ano e meio de atividades à frente do DAEPA, externo meus sinceros agradecimentos pelo apoio, consideração, respeito e parceria de toda nossa cidade de Patrocínio.

 

Passo a passo consolidamos uma trajetória dedicada a contribuir para a melhoria do fornecimento de Água e Tratamento de Esgotos em Patrocínio.

 

Construímos também parcerias com pessoas e instituições que compartilham de nosso ideal e, especialmente de nossa principal meta: melhorar todos os dias a adução, Tratamento e Distribuição de água, assim como Captação, Condução e Tratamento de Esgotos.

 

Como Superintendente desta Autarquia, agradeço profundamente a cada um que passou ou segue nesta história: funcionários, colaboradores, fornecedores, contratados, imprensa, entre tantos outros. Aqui cabe, obviamente, um agradecimento especial aos consumidores (a população patrocinense) desta Autarquia, representados pelas residências, comércio, indústrias, entidades e áreas rurais.

 

São vocês que nos motivaram a conduzir e melhorar o DAEPA renovando, ano após ano, nossa satisfação em trabalhar.

 

Afirmo com enorme orgulho que não saí por minha vontade.

 

Após 1 ano e seis meses trabalhando intensamente para oferecer constância e qualidade, assegurando eficiência e confiabilidade, entregamos um DAEPA quase pronto para um novo ciclo de FORNECIMENTO DE ÁGUA E TRATAMENTO DE ESGOTOS em Patrocínio.

 

Para tanto foram investidos um montante de R$4.000.000,00 (Quatro milhões de reais) totalmente disponibilizados do caixa próprio do DAEPA.

 

1- Construção de uma nova Adutora de diâmetro 400 mm em ferro fundido, com 4 Quilômetros, duzentos e cinquenta metros de comprimento, incluindo novo motor de 500 cv e uma nova bomba com capacidade de aduzir 160 litros por segundo.

 

2- Iniciamos a construção de dois Decantadores, dois Floculadores e dois Filtros, os quais duplicarão a atual Estação de Tratamento de Água localizada no Bairro São Judas, que passa a tratar mais 120 litros por segundo, ou seja duplicamos o volume de água tratada para os consumidores.

 

3- Construímos um anel (rede de distribuição de água) em tubo de PVC 200 mm com extensão de 2 quilômetros para atendimento ao bairro Morada Nova, resolvendo de vez o problema de falta de água.

 

4- Adquirimos 2 Retroescavadeiras novas com tecnologia de ponta para agilização das obras e manutenção das redes existentes no município e zona rural.

 

5- Adquirimos 2 Caminhões Mercedes ¾ cabine dupla para atendimento aos serviços de manutenção em redes de água tratada e redes de Esgotamento Sanitário.

 

6- Adquirimos 2 caminhonetes saveiro cabine dupla novas para atendimento às equipes de manutenção elétrica dos motores e bombas, assim como equipe de ligação de água.

 

7- Aquisição de novos motores elétricos, kits para bombas centrífugas e ferramentaria para substituir possíveis equipamentos danificados, impedindo a paralisação do sistema.

 

8- Aquisição de 8 motos 160 cilindradas novas para operação de rua dos funcionários responsáveis pela vistoria do sistema de reservação de água, cortes, religações, investigação de vazamentos e vistorias.

 

9- Licitamos a aquisição de um conjunto moto gerador de energia 25Kva para atendimento aos poços artesianos durante a ausência de energia.

 

10- Reformamos totalmente um Trator Valmet responsável pela limpeza das Estações de Tratamento de Esgotos,um caminhão pipa, um caminhão de desobstrução de esgotos ,uma Kombi e veículos de passeio visando disponibiliza-los para atendimento às demandas operacionais do DAEPA.

 

11- Instalamos um novo motor de 100 cv na Estação de Tratamento de Esgotos do Bairro Enéias visando possibilitar maior elevação de esgoto aos reatores.

 

Investimos fortemente na relação humana das pessoas que ali trabalham pois são elas as principais responsáveis por fazer do DAEPA uma Autarquia mantenedora da vida e, orgulhosamente, uma empresa GENUINAMENTE PATROCINENSE.

 

Confiante na continuidade deste projeto, posso assegurar que nos próximos 10 anos o fornecimento de água a todos os patrocinenses estará garantido.

 

Para tanto espero que esta Autarquia (DAEPA) possa ter uma equipe Técnica Efetiva sem ingerências políticas, responsáveis pela continuidade do processo de distribuição de água, com projetos a longo prazo onde a alternância da gestão pública não interrompa o sistema de abastecimento, tratamento, distribuição de água, e captação e tratamento de esgotos.

 

Wanderley Marra

Engenheiro Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios