História

No início da década de 70, Patrocínio sofreu uma influência desenvolvimentista, a ponto de despertar as atenções dos patrocinenses que estavam em outras cidades. Em Uberaba, José Afonso Amorim que estava gerenciando a Agência do Bemge daquela cidade, contava ao seu primo, Paulo Silva, os acontecimentos de sua cidade, quando este vibrou de entusiasmo, e teve a idéia de fundar um Jornal em sua Terra Natal.

Por indicação do Amorim, Paulo procurou o então bancário Joaquim Correia Machado Filho e os dois formaram uma parceria, que teve o apoio do prefeito Olimpio Garcia Brandão, bem como o incentivo do diretor da Rádio Difusora de Patrocínio, Sr. Pedro Alves do Nascimento.

Na data de 26 de maio de 1973, circulou pelas ruas da cidade a edição de n° Um do Jornal de Patrocínio com seis páginas, com escritório à Rua Cesário Alvim, 813, com telefone e uma secretária De início, forma arrebanhadas cerca de 200 assinaturas e o JP era impresso em Uberaba na Gráfica do Jornal da Manhã (antigo Correio Católico) sendo as matérias transportadas pelo Expresso União, numa deferência do Sr. Constantino de Oliveira (Sô Nenen) e o jornal voltava pronto Via Expresso União. A mesma operação foi feita depois, quando o Jornal passou a ser impresso em Patos de Minas, na Gráfica da Folha Diocesana. Anos depois, veio a ser impresso em Patrocínio, na Gráfica Real, até que foram adquiridas as máquinas próprias, passando para sede própria à Rua Artur Botelho, 575, onde permanece até hoje, com editoração computadorizada e impressão em Off-set. e uma tiragem de dois mil exemplares, com circulação em Patrocínio e diversas cidades da região e do interior do Brasil, bem como as capitais: Brasília, Rio de Janeiro, S.Paulo, Belo Horizonte, Goiânia, Salvador, Florianópolis e Vitória do Espirito Santo. Onde quer que esteja um patrocinense, o JP é remetido para lá, levando as nossas informações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios