GeralNotícias

Canil “sentença de morte”, assim afirmou
protetora de animais na Câmara Municipal

Na reunião ordinária da Câmara de terça-feira, 22/ 11, a protetora de animais, Sra. Nívea de Avila França usou do grande expediente e explanou sobre a causa animal na cidade. Essa foi a terceira vez na casa de Leis.


Solicitou atenção dos senhores vereadores, nos-sos representantes quanto à falta de respeito por parte da Secretaria de Saúde e Administração Municipal quanto ao não atendimento dos animais abandonados nas ruas, doentes, acidentados, cadelas paridas por todo lado, prenhas, com todo tipo de doença de epide-mia. Criticou o canil municipal, “que é uma vergonha”.


Citou que recentemente, foi construído umas bai-azinhas(4), que não atendem a 10% da demanda. Os cães continuam misturados, cachorros doentes com cachorros sadios. Não tem abrigo para separar os animais idosos de jovens e de animais nocio. Resu-mindo o descaso continua da mesma forma.
Detalhou que nesta reforma foi feita estas baias pequenas e foi ampliado a parte administrativa, mas as castrações continuam interrompidas desde 2019 e não há nenhum tratamento, nenhum procedimento é feito. Não há remédios, não tem vacina, é uma situação inadmissível. E realmente a omissão continua da mes-ma forma.


Indignada, desabafou: «sabemos que a cidade tem condições, em todo sentido,financeiro, estru-tura, tem funcionários. O Sr. prefeito executa muitas obras na cidade e tudo é bem-vindo. Mas com relação à cau-sa animal, nada foi feito. Eles não se sensibilizam com nada. Não há um carro definitivo e exclusivo pro canil. Há um caminhão que não tem condições de acudir um animal, um carro velho caindo aos pedaços. Profis-sional continua só um, uma veterinária. A única coisa que tem lá é alimentação. E muito decepcionante essa situação».


Ainda referiu a fala do secretário de saúde, quando disse que a prioridade é a vida do ser humano. Dian-te disso acredito que ele esteja equivocado, pois, os animais são seres vivos e merecem a proteção digna. E não vamos abrir mão dis-so, estamos cansados, mas não vamos desistir jamais.
Sem o respaldo dos vereadores, pois nada acontece, a protetora Nívea afirmou que não quer ficar vindo, usar a tribuna, ba-tendo na mesma tecla, sendo um papagaio, falando, pedindo e nada resolve. Aguardamos, qualquer coisa em caráter de urgência, pois não está disposta a perder tempo, prorrogando essa situação caótica. E preciso colocar melhorias na prática.


E ainda apontou, «tem dia que o canil não tem uma rifoxina, não tem vacina contra virose, aquele que entra sadio, adoece». “Na verdade, o canil é uma sen-tença de morte, com as péssimas acomodações.»
E diante da inoperância das lideranças e agentes políticos, finalizou pedindo o apoio e contribuição da população para podermos mudar esse quadro.

OBS. Se não faltasse a básica estrutura no canil municipal, na cidade, além de cães soltos, ainda encontramos bovinos e equinos transitando pelas vias públicas, colocando em risco vidas humanas, e ainda afirmam que é prioridade…

Reportagem:JanioLuiz-Módulo FM
Transcrição: AGM two

Defensora da causa animal utilizou o grande expediente da Câmara para pedir providências e mais cuidados com animais de rua

Publicado por Módulo FM em Terça-feira, 22 de novembro de 2022

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios