NotíciasPoliciais

MP PEDE BANIMENTO DA MÁFIA AZUL EM ESTÁDIOS APÓS ATAQUE A ÔNIBUS DA GALOUCURA

Participe do Grupo no Telegram

Recomendação enviada à Federação Mineira de Futebol prevê suspensão por seis meses em todos os estádios do país

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) recomendou à Federação Mineira de Futebol (FMF) o banimento da torcida organizada do Cruzeiro, Máfia Azul, dos estádios de todo o país nos dias de jogos do clube. O pedido, feito pela 14ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Belo Horizonte ocorre um dia depois que a organizada esteve envolvida em um ataque a um ônibus onde estavam integrantes da Torcida Organizada Galoucura, na região do Barreiro.

O coletivo foi alvo de um grupo de torcedores da Máfia Azul na noite deste domingo (28), após a vitória do Galo contra o Fluminense. O veículo foi atacado por pessoas armadas com paus, pedras, tijolos e rojões. Uma pessoa morreu e cinco ficaram feridos. Sete integrantes da Máfia Azul foram presos por envolvimento no episódio. 

De acordo com o ofício do MPMG, os torcedores devem ficar distantes, pelo menos 5 quilômetros, dos estádios. O banimento vale para uso de “qualquer vestimenta, faixa, bandeira, instrumento musical ou qualquer objeto que possa caracterizar a presença da torcida nos estádios ou seus respectivos entornos nos dias de jogos”, diz trecho do documento assinado pelo Promotor de Justiça, Fernando Ferreira Abreu.

Ataque

Seis torcedores do Atlético ficaram feridos – um deles em estado grave – depois que um ônibus foi atacado por integrantes da torcida do Cruzeiro Máfia Azul na região do Barreiro, em Belo Horizonte, na noite deste domingo (29). Um veículo da linha 6350, que transportava torcedores da Galoucura foi interceptado por um carro após o jogo entre Galo e Fluminense e atacado com paus, pedras, pedaços de tijolo e rojões e ficou destruído no Anel Rodoviário, altura do cruzamento com a Via do Minério.

Uma passageira que estava no ônibus atacado disse ter vivido momentos de terror e que até crianças e mulheres foram vítimas dos criminosos.

“Foi desespero. A gente estava no ônibus voltando pra casa e do nada começaram quebrar os ônibus e tacar foguete lá dentro. Começou pegar fogo e a gente ficou com medo de explodir.  Tinha mulher com criança no ônibus e foi muito assustador. Todo mundo sangrando, todo mundo machucado”, disse a passageira, que não será identificada.

Da Redação com Rádio Itatiaia

MÁFIA AZUL EM ESTÁDIOS
Ônibus da linha 6350, com torcedores do Galo, foi atacado na noite deste domingo (29) | Foto: Renato Rios Neto/Rádio Itatiaia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios