GeralNotíciasPolitica

Malagoli reclama da falta de atendimento dos secretários e articulação envolvendo o assessor da Câmara

Janio Luiz

Durante a 4ª reunião ordinária da Câmara desta terça-feira (6), o presidente da Casa Legislativa, Thiago Malgoli, fez duras críticas e desabafos calorosos em relação a dificuldade do atendimento de suas demandas por parte do Governo e a articulação envolvendo o assessor da câmara para ocupar o gabinete da prefeitura.
Como vereador da situação e um dos principais líderes do governo na Casa, o desabafo de Malagoli causou estranheza e surpresa aos colegas, imprensa e o público que acompanhava a sessão.
Em sua justificativa, Malagoli disse que estava a defender seus eleitores a quem deve respeito e satisfação. “Fiz questionamentos sobre algumas secretarias onde não estamos tendo nossos pleitos atendidos. Essas são minhas prerrogativas como vereador. O povo deve ser atendido em todos os pedidos. Tenho que cobrar para a sociedade, não pedi nada para mim. Mas, infelizmente, estamos enfrentando dificuldades no próprio governo, mas já repassei isso ao prefeito”, ponderou o presidente, isentando o secretário de saúde, Humberto Donizete, de suas críticas.
Em relação a suas críticas acerca da articulação do presidente do PHS, Deley, para contratação do assessor da Câmara, Flávio Almeida, para o gabinete do prefeito, Malagoli disse se sentir decepcionado, pois ele foi um grande defensor do funcionário na Casa, mas que “o Executivo é independente e faz o que quiser”. “Me senti frustrado. Ficamos triste com essa ingratidão. Mas bola pra frente, vamos trabalhar porque o povo está cansado de picuinha, ele quer resultado”.
O presidente da Câmara citou ainda as denúncias que envolvem as contratações de parentes do PHS no Executivo. “Política não é feito para benefícios próprios, mas há uma denúncia do Ministério Público, que está sendo apurada. Vamos esperar os resultados para que possamos ver se [ele] está utilizando desses meios”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios