ColunistasJoaquim CorreiaNotícias

HISTÓRICO DA IGREJA DO ROSÁRIO NA MATINHA

Participe do Grupo no Telegram

Quando fui Ministro Extraordinário da Palavra e da Comunhão, da Paróquia N. Sra. do Patrocínio, fui designado a celebrar o Culto Dominical, na sala do hoje Projeto Guri, aos domingos de manhã.

Certa vez, o saudoso Padre Pio, ao celebrar Santa Missa, a sala não comportou todos e um pouco ficou de fora. Então, sugeri a ele a construção de uma Igreja o que ele questionou sobre os pobres. Inspirado argumentei: Padre, está na Bíblia – Pobres tereis sempre e templo para louvar a Deus? De pronto respondeu:

– “Vamos construir. Façamos campanha”.

Ele apeitou a causa com entusiasmo, com apoio de alguns casais do Encontro, com novenas e leilões. De imediato, o Sr. Deca Solano e José Pereira (Sô Jota) buscaram na serra dois caminhões de pedras e os colocaram na Praça, que foi liberada pelo então Prefeito Afrânio Amaral, a pedido meu.

Fizemos o Lançamento da Pedra Fundamental com uma procissão com a imagem de Nossa Senhora, carregada pela senhora Aparecida Teixeira e uma saudação proferida por mim. (Ministro Joaquim) com a presença de moradores. Padre Pio buscava dinheiro na Holanda e dos cafés que ele produzia e a Igreja, depois de pronta, levou o nome de Nossa Senhora do Rosário e que foi palco de muitas festas com grupos de congados, reuniões de conferência, equipe de liturgia. No momento, com a Igreja ter ficado velha e até pequena a Mitra Diocesana deseja demolí-la e construir uma nova. Acontece que houve uma denúncia anônima pela doação do terreno e, o que é incrível, dizem que o Ministério Público acolheu e embargou e impedindo tal feito.

Resta, a quem de direito, recorrer e anular tal ação.

Obs: Fica registrado este testemunho em benefício da religiosidade do povo daquele bairro Matinha. E em memória do saudoso Padre Pio Haarman.Ss Cc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios