AgriculturaNotícias

Grupo Montesanto Tavares divulga primeira pesquisa sobre a safra 2021/2022 de café

A produção brasileira de café na temporada 2021/2022 deve chegar a 52,9 milhões de sacas, diminuição de 23% no comparativo com a safra 2020/2021, indicada em 68,21 milhões de sacas. A estimativa parte da pesquisa em campo em todas regiões produtoras desenvolvida pelo Grupo Montesanto Tavares e com dados fechados em 10 de janeiro de 2021.

Segundo o estudo, o principal motivo para esta diminuição vem da menor safra de café arábica na temporada 2021/2022. A produção brasileira de café arábica em 2021/22 deve atingir 31,23 milhões de sacas, 18,68 milhões de sacas a menos que em 2020/2021, devido ao ciclo bienal da cultura. Isso corresponde a uma queda de 37,5%. Já a safra 2021/2022 de café conilon tem previsão de alta de 17,8% em relação ao período anterior e deve chegar a 21,67 milhões de sacas.

Para Ricardo Tavares, presidente do Grupo, apesar da quebra expressiva na safra total de café no Brasil indicada pela pesquisa, o país se manterá como maior produtor mundial e o mercado deverá reagir com uma alta de preços da commoditie

O Grupo Montesanto Tavares há 20 anos atua no mercado nacional e internacional de café, na produção, exportação, importação e armazenagem do grão. Além dos cafés produzidos em fazendas próprias, a empresa compra grãos de pequenos produtores. O GMT tem duas empresas exportadoras, a Atlantica Coffee e a Cafebras, e uma importadora, a Ally Coffee, nos EUA e Europa. Essas tradings possibilitam ao grupo negociar e vender o café brasileiro para todo o mundo. Em 2020 o grupo alcançou o recorde de 3,488 milhões de sacas comercializadas.

Da Redação com Cristiane José – Press Comunicação Empresarial

Grupo Montesanto Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios