AgriculturaNotícias

Campeões do 10º Prêmio Região do Cerrado Mineiro serão divulgados no dia 30 de novembro

Melhores cafés da safra 2022 serão revelados em cerimônia que reunirá representantes de toda cadeia produtiva

A Federação dos Cafeicultores do Cerrado realizará, no dia 30 de novembro, cerimônia para apresentar os campeões do 10º Prêmio Região do Cerrado Mineiro. O evento deve reunir cerca de 600 pessoas na noite do dia 30 de novembro, no Palácio de Cristal, em Uberlândia.  

Promovido pela Federação dos Cafeicultores do Cerrado, com apoio do Sebrae Minas, o Prêmio Região do Cerrado Mineiro tem a realização das cooperativas Carmocer, Carpec, Coagril, Coocacer Araguari, Coopadap, Expocaccer e MonteCCer, integrando ainda as seis associações: ACARPA, ACA, Assogotardo, Assocafé, Amoca e Appcer como apoiadoras.

A iniciativa visa reconhecer o trabalho dos cafeicultores da Região do Cerrado Mineiro e promover a Denominação de Origem, a primeira conquistada para café no Brasil. 

Segundo o superintendente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Juliano Tarabal, esta é uma edição especial, já que também comemora os 50 anos da Região do Cerrado Mineiro. “São 50 anos de cafeicultura no Cerrado Mineiro, 30 anos da Federação, entidade que representa, controla e promove a cafeicultura na região, e 10 anos de Prêmio, que reconhece os melhores cafés dos 55 municípios que compõem a Região, valorizando o trabalho dos cafeicultores na produção de cafés de alta qualidade, com responsabilidade e rastreabilidade, e também momento de celebrar a safa. Com certeza, será uma noite de muita comemoração, com o coroamento dos cafés produzidos na Região”, destaca Tarabal. 

O gerente da Regional Noroeste e Alto Paranaíba do Sebrae Minas, Marcos Alves, ressalta que a premiação é uma vitrine para cafés de qualidade, que reforça a referência mundial conquistada pela Região. “O Sebrae Minas tem orgulho de compartilhar dessa jornada que, ao longo de 50 anos, agregou inovação, gestão e sustentabilidade na sua forma de ser. Celebramos a décima edição do Prêmio, no mesmo ano em que também comemoramos o marco de 50 anos do Sebrae. É uma parceria sólida e de resultados extremamente satisfatórios”, destaca o gerente.

Premiação 

O 10º Prêmio Região do Cerrado Mineiro teve novo recorde de amostras de café inscritas, totalizando 370 inscrições, entre as categorias Café Natural, Fermentação Induzida e Cereja Descascado.

A premiação é dividida em duas etapas: a Etapa Campeões das Cooperativas, que elege o café dos produtores campeões em cada cooperativa e a Etapa Regional, onde os melhores cafés da safra atual são escolhidos por um time de jurados especializados no assunto. O anúncio dos vencedores, será feito tanto de forma presencial e on-line, com transmissão pelo canal do Youtube da Região do Cerrado Mineiro.

Os vencedores serão premiados com R$ 5 mil pelo primeiro lugar, R$ 3 mil pelo segundo e R$ 2 mil pela terceira posição. A seleção das amostras foi realizada por um corpo de jurados com alta experiência e profissionalismo, garantindo transparência e credibilidade ao Prêmio, sendo coordenada pela Savassi Agronegócio e auditado pela Safe Trace.

Novidades

A 10ª edição do Prêmio vai reconhecer também as mulheres, cada vez mais atuantes no segmento do café. Entre as amostras inscritas, as três melhores produzidas por mulheres ou as três melhores produtoras serão reconhecidas com o Troféu Mulher de Atitude, sendo este um reconhecimento às mulheres cafeicultoras.

Outra inovação desta edição está relacionada ao aspecto social. Cerca de 10% do valor arrecadado com o leilão, 70% serão destinados ao Troféu Escola de Atitude e 30% para as obras do primeiro Hospital de Amor de Minas Gerais, iniciadas pelo Hospital do Câncer de Patrocínio “Dr. José Figueiredo”.


10º Prêmio RCM

Realizado desde 2013, o Prêmio da Região do Cerrado Mineiro consolidou-se como o grande evento da celebração da safra e valorização da dedicação dos cafeicultores em produzirem cafés com atitude, éticos, rastreáveis e de alta qualidade e, desde sua criação conta com o apoio de grandes parceiros para sua realização. Em 2022, teve como apoiadores: Sebrae Minas, Syngenta, Stoller, Rabobank, Solinftec, Sicoob, Voiter e Pinhalense.

50 anos da Região do Cerrado Mineiro

Em 2022, a Região do Cerrado Mineiro completa 50 anos. Uma história que começou na década de 1970, por meio da experiência no cultivo de café de pessoas de outras regiões que se uniram às pessoas da terra, souberam driblar os obstáculos e fizeram surgir oportunidades para o cultivo de café em uma região única. Ao longo dos anos, o que surgiu como Café do Cerrado se transformou em Região do Cerrado Mineiro, uma região com atitude, histórias, raízes e território. Passados 50 anos, a RCM conta com 4.500 cafeicultores distribuídos por 55 municípios que se reinventam a cada nova safra, a cada nova geração. 

A RCM possui uma área de produção de 255 mil hectares e é responsável por 12,7% da produção brasileira de café e 25,4% da produção mineira. A perfeita definição das estações climáticas, com verão quente e úmido e inverno ameno e seco é uma característica da região. Os cafeeiros são cultivados em áreas com altitude variando entre 800 e 1.300 metros e o resultado são cafés com identidade única e alta qualidade. Os cafés da região têm como características aroma intenso, com notas variando de caramelo a nozes; acidez delicadamente cítrica; corpo moderado a encorpado; sabor adocicado com aspecto de chocolate e finalização de longa duração. 

Mais informações sobre a Região do Cerrado Mineiro: www.cerradomineiro.org

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de Anúncios Detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios